Rússia perdoa dívida de Moçambique e empresas russas estabelecem parcerias

13 February 2013

O ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, anunciou em Maputo o perdão de 144 milhões de dólares da dívida bilateral de Moçambique, montante a ser utilizado na cooperação entre os dois países, de acordo com a imprensa moçambicana.

No final de um encontro com o seu congénere de Moçambique Oldemiro Balói, o ministro russo salientou a forte presença de material originário da União Soviética e da Rússia nas forças armadas moçambicanas para defender uma maior cooperação no domínio militar entre os dois países.

Esta foi a primeira visita de um ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia a Moçambique, após décadas de relações privilegiadas entre a Moçambique no pós-independência e a União Soviética.

No âmbito desta visita, foi assinado em Maputo um acordo de parceria entre o grupo russo Renova e a empresa Multinet Moçambique e o grupo russo Multinet para explorar o mercado moçambicano e da África Austral de comunicações apostando na Internet e televisão de banda larga e fibra óptica.

Ao abrigo da parceria, que prevê investimentos entre 30 milhões e 50 milhões de euros, o grupo Multinet, especializado na prestação de serviços de acesso à Internet de banda larga e o grupo Renova (fibra óptica) irão explorar aqueles segmentos de mercado através da Multinet Moçambique.

A Multinet é um grupo de empresas internacionais que operam na área de telecomunicações na Ásia, África e América Latina, foi fundado em 2000 e centra as suas actividades como fornecedor de serviços de Internet da banda larga nos mercados dos países em desenvolvimento.

O grupo das companhias Renova é um dos dez maiores grupos privados da Rússia e está presente no sector mineiro sul-africano, através da empresa United Manganese of Kalahari. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH