Governo português vende participação estatal no grupo EDP a investidores institucionais

14 February 2013

A estatal Participações Públicas (Parpública) vendeu a investidores institucionais a participação de 4,144% que o Estado português ainda detinha no grupo EDP – Energias de Portugal, de acordo com o comunicado quinta-feira divulgado em Lisboa.

A venda foi concretizada a 2,35 euros por acção, um preço abaixo da actual cotação da EDP em bolsa, de 2,422 euros, informou ainda a Parpública, que acrescentou ter a venda proporcionado um encaixe de 356,1 milhões de euros.

As acções – 151,517 milhões – foram adquiridas por investidores institucionais, não tendo a Parpública identificado nenhum dos compradores.

O grupo China Three Gorges, que anteriormente comprou 21,35% do grupo EDP, tornando-se o maior accionista da eléctrica portuguesa, chegou a fazer uma proposta para este último lote de acções, mas a administração da Parpública recusou, alegadamente devido ao preço oferecido.

Os bancos Caixa BI e Morgan Stanley actuaram como assessores financeiros da operação que marcou a saída definitiva do Estado português do grupo EDP, uma das imposições do memorando de entendimento acordado com a equipa que acompanha a operação de ajuda financeira a Portugal. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH