Grupo indiano ONGC em conversações para comprar participação em bloco petrolífero em Moçambique

20 February 2013

O grupo estatal indiano Oil and Natural Gas Corp (ONGC) está a negociar a compra da participação de 10% detida pelo grupo também indiano Videocon Industries no bloco petrolífero Área 1 da bacia do Rovuma, norte de Moçambique, informou o jornal indiano Business Standard.

Citando fontes próximas do processo, o jornal acrescentou que o principal obstáculo à transacção parece ser o preço, uma vez que o grupo Videocon está a pedir 3 mil milhões de dólares à ONGC Videsh, a empresa do grupo ONGC para os negócios no estrangeiro, e à Oil India Ltd.(OIL), que se associou ao negócio.

As fontes adiantaram que tendo em atenção o preço pedido, que é considerado exagerado, o grupo ONGC vai dar início a uma avaliação do projecto que tem como operador o grupo norte-americano Anadarko Petroleum.

O Business Standard acrescentou que grandes empresas mundiais do sector, tais como Royal Dutch Shell, BP Plc, ExxonMobil, Repsol de Espanha Sinopec da China também consideraram demasiado elevado o preço que está a ser pedido pelo grupo Videocon, que no final de 2011 apresentava um passivo de 4631 milhões de dólares.

Além do grupo norte-americano, que controla uma participação de 36,5%, dispõem de participações no bloco a Mitsui, do Japão, com 20%, as empresas indianas Bharat Petroleum Corp. e Videocon Hydrocarbon Holdings, com 10% cada, a tailandesa PTT, com 8,5% e a estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, com 15%. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH