Queda do PIB em Portugal em 2013 será de 2%, o dobro do previsto

20 February 2013

A economia portuguesa deverá este ano registar uma contracção de 2% e não de 1% conforme previsto no Orçamento de Estado para 2013, informou em Lisboa o ministro português das Finanças Vítor Gaspar.

No decurso de uma audição na comissão parlamentar de Finanças, Vítor Gaspar precisou que a revisão em alta dos números relativos à evolução do Produto Interno Bruto resultam da conjugação de menos procura interna e externa.

Ao mesmo tempo admitiu que a Comissão Europeia venha a propor ao Conselho de Ministros das Finanças da União Europeia (Ecofin) o prolongamento por um ano do prazo concedido a Portugal para corrigir a situação de défice orçamental excessivo

O ministro das Finanças disse que este ano serão lançadas medidas extraordinárias de poupança avaliadas em 0,5% do PIB e reconheceu que a reforma do Estado terá de decorrer de forma “mais gradual e prolongada”, ou seja até 2015.

Em 2012, o PIB português registou uma contracção de 3,2%, valor superior à queda de 3,0% antecipada pelo governo e à previsão de 3,1% da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH