Fundo Petrolífero de Timor-Leste fechou 2012 com 11 777 milhões de dólares

24 February 2013

O Fundo Petrolífero de Timor-Leste registou um acréscimo de 720,94 milhões de dólares no quarto trimestre de 2012 tendo terminado o ano com o valor de 11 775,35 milhões de dólares, informou o Banco Central de Timor-Leste.

O relatório relativo aos últimos três meses de 2012, disponível na página electrónica do Banco Central de Timor-Leste e datado de 12 de Fevereiro, refere que o “capital do fundo aumentou de 11,054 mil milhões de dólares para 11,775 mil milhões de dólares.”

A entrada bruta de capital proveniente de impostos, “royalties” e outras receitas foi de 1234 milhões de dólares e que as saídas de dinheiro foram de 590,4 milhões de dólares.

Das saídas de dinheiro, cerca de 586 milhões de dólares destinaram-se a financiar o Orçamento de Estado, enquanto os restantes 3,5 milhões de dólares serviram para efectuar pagamentos de gestão.

A Lei do Fundo Petrolífero foi estabelecida em 2005 com intenção de contribuir para a gestão eficaz dos recursos petrolíferos de Timor-Leste.

O fundo é gerido em conjunto pelo Banco Central de Timor-Leste, responsável pela gestão operacional, e pelo Ministério das Finanças, responsável pela gestão global.

Em Agosto de 2011, o parlamento aprovou uma alteração da lei com o objectivo de flexibilizar a diversificação da carteira de aplicações, que até àquela data contava apenas com investimentos em títulos do Tesouro norte-americano, para aumentar o retorno dos investimentos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH