Fórum Macau disporá em breve de fundo de investimento para projectos nos países de língua portuguesa

27 February 2013

O Fórum Macau disporá em breve de um fundo de desenvolvimento de mil milhões de dólares para a execução de projectos nos países em língua portuguesa, disse quarta-feira em Lisboa a secretária-geral adjunta da instituição, Rita Santos.

“Não é um fundo para concessão de crédito mas para uma participação no investimento”, disse ainda Rita Santos, que acrescentou ser necessário que o projecto esteja ligado ao desenvolvimento económico e social de cada país para que a participação se efective.

Com participação da China e do governo da Região Administrativa Especial de Macau, os projectos serão analisados caso a caso e o Banco de Desenvolvimento da China “tem as portas abertas para aceitar outros bancos que queiram participar nesse fundo” adiantou.

A celebrar em 2013 o 10.º aniversário, o Fórum pretende tornar Macau numa plataforma de interacção entre a China e os países de língua portuguesa e prepara-se para a sua 4.ª Conferência Ministerial, a ter lugar no último trimestre deste ano.

A conferência servirá para aprovação do plano de acção do Fórum para os próximos três anos, para o qual estão a ser recolhidas propostas dos países-membros.

Para Rita Santos, a nova fase de envolvimento da China no espaço de língua portuguesa faz-se através da iniciativa privada que já está no terreno, nomeadamente na agricultura, mais do que da cooperação entre governos.

“Estamos agora na fase mais importante, de começar a incentivar os agentes económicos a lançarem iniciativas próprias, (…) não dependerem apenas de projectos discutidos entre governos”, referiu a responsável do Fórum. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH