Grupo português de construção civil Soares da Costa ganha duas empreitadas em Angola

28 February 2013

A carteira de encomendas do grupo português de construção civil Soares da Costa em Angola registou um aumento de 9% com a adjudicação de duas empreitadas em Luanda, a capital angolana, informou o grupo em comunicado divulgado através da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

As duas novas adjudicações têm um valor de 51,5 milhões de dólares e dizem respeito à construção de edifícios de escritórios e comércio, que incluem fundações, acabamentos e instalações especiais.

De acordo com o diário português Jornal de Negócios, a carteira de encomendas do grupo ascendia a 1102 milhões de euros no final de Setembro de 2012, dos quais 39% correspondiam a obras em Angola e 20% em Portugal.

A acrescentar a isso, em Dezembro do ano passado a Soares da Costa informou o mercado que tinham sido adjudicadas ao consórcio liderado pela sua subsidiária – onde detém 50% – obras de infra-estruturas básicas do Pólo Industrial de Fútila, em Cabinda, Angola.

A actividade internacional tem já um forte peso na construtora, cerca de 68%, sendo que dos 423 milhões de euros de receitas internacionais registados de Janeiro a Setembro do ano passado 41,8% tiveram origem em Angola.

Nos últimos anos, as construtoras portuguesas encararam os negócios internacionais como a forma de superar a paralisação que existe no mercado de construção em Portugal, onde não há obras públicas devido às medidas de austeridade em vigor no país e onde a economia continua a contrair-se, limitando o investimento privado. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH