Países de língua portuguesa reunidos em Pequim para preparar 4ª conferência ministerial do Fórum Macau

3 March 2013

Os embaixadores dos países de língua portuguesa acreditados na China reúnem-se hoje e terça-feira em Pequim para prepararem a quarta conferência ministerial do Fórum Macau, prevista para o terceiro trimestre do ano, informou o secretário-geral adjunto em representação dos países de língua portuguesa.

Marcelo D’Almeida disse à agência noticiosa portuguesa Lusa que a reunião na capital chinesa é o “início do debate entre os países de língua portuguesa que integram o Fórum Macau para que sejam traçados objectivos de cooperação multilateral com a China a inserir no quarto plano de acção”.

“Nas conferências ministeriais é definido um plano de acção a três anos e temos de começar agora a trocar ideias e a traçar objectivos que sejam incluídos nesse plano que será aprovado na quarta conferência ministerial a realizar este ano”, em Macau, adiantou o diplomata.

D’Almeida acrescentou que o encontro na capital chinesa “é preliminar” e vai incluir também a troca de ideias relativas à comemoração do décimo aniversário do Fórum Macau.

O Fórum Macau, cujo nome oficial é Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, foi criado em 2003 pela China para aumentar as trocas comerciais promovendo ainda outras formas de cooperação bilateral ou multilateral.

Todos os países de língua portuguesa integram o Fórum Macau com excepção de São Tomé e Príncipe, que tem relações diplomáticas com Taiwan, embora tenha já participado em diversos encontros na qualidade de observador.

A expressão mais visível do Fórum Macau é no campo do comércio, tendo em 2012 as trocas comerciais entre a China e os oito países de língua portuguesa ascendido a 128 497 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH