Anadarko Petroleum dos EUA vende 10% de bloco petrolífero em Moçambique

5 March 2013

O grupo Anadarko Petroleum dos Estados Unidos da América juntou-se ao grupo Videocon Industries da Índia e decidiu pôr à venda uma fatia de 10% da sua participação no bloco petrolífero Área 1, na bacia do Rovuma, em Moçambique, de acordo com a imprensa internacional.

Ao alienar 10% da participação que controla, o grupo Anadarko Petroleum manterá ainda assim 26,5% enquanto que o grupo Videocon Industries deixará de ter qualquer interesse naquele bloco, atendendo a que a sua participação é de 10%.

O grupo Videocon Industries confirmou terça-feira a sua intenção e disse ter contratado os bancos de investimento Standard Chartered e Union des Banques Suisses (UBS) para gerirem o processo de venda, esperando receber as primeiras propostas de compra até 14 de Março, de acordo com o jornal britânico Financial Times.

O processo de licitação deverá atrair o interesse de grandes grupos, incluindo a Royal Dutch Shell, que no ano passado abandonou o leilão para a compra de uma participação de 8,5% no mesmo bloco detida pela empresa irlandesa Cove Energy e que acabou por ser adquirida pelo grupo estatal PTT Exploration and Production da Tailândia.

O consórcio que opera no bloco Área 1 é liderado pela Anadarko Petroleum, com 36,5%, sendo os outros parceiros a japonesa Mitsui, com 20%, a BPRL Ventures e Videocon Industries (ambas da Índia), com 10% cada, a PTT Exploration and Production com 8,5% e a estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos com os restantes 15%.

As mais recentes estimativas apontam para a existência de uma quantidade superior a 130 biliões de pés cúbicos de gás natural na bacia do Rovuma, suficiente para abastecer um país como o Japão durante 35 anos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH