Grupo Rio Tinto retomou extracção de carvão em Moçambique

7 March 2013

O grupo anglo-australiano Rio Tinto iniciou a extracção de carvão em Tete, no centro de Moçambique, após garantias governamentais e “avaliação, por entidade reconhecida e independente, das condições técnicas de segurança da linha do Sena”, informou a subsidiária moçambicana.

Em Fevereiro, o grupo invocou o conceito legal de “força maior” para interromper a actividade em Moatize, cessando a extracção para não acumular carvão que não conseguiria escoar para o porto da Beira.

No comunicado, a subsidiária moçambicana adianta que o proprietário da linha do Sena, a empresa estatal Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), garantiu, “numa comunicação oficial” divulgada na quarta-feira, que a linha de caminho-de-ferro “já se encontra reparada e pronta a acolher novamente o tráfego ferroviário para o transporte de carvão.”

“Assim sendo, e após avaliação, por entidade reconhecida e independente, das condições técnicas de segurança e de transitabilidade da linha de Sena, a Rio Tinto Benga Limitada decidiu retomar o transporte de carvão”, pode ler-se no comunicado, em que se acrescenta que as reparações efectuadas são de carácter provisório, indo aumentar os custos de transporte. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH