Vale Moçambique mantém previsão de exportação para este ano de 4,9 milhões de toneladas

12 March 2013

A Vale Moçambique mantém a previsão de exportar 4,9 milhões de toneladas de carvão este ano apesar da paralisação temporária da linha de caminho-de-ferro do Sena, que liga Moatize ao porto da Beira, afirmou terça-feira o director do grupo Vale para África.

“Estamos confiantes de que seremos capazes de recuperar o que perdemos (devido às chuvas),” disse Ricardo Saad à agência financeira Reuters, recordando o facto de aquele linha ferroviária ter estado parada durante duas semanas obrigando o grupo brasileiro Vale a alertar caso de força maior para deixar de cumprir contratos.

Saad afirmou ainda que a Vale Moçambique prevê exportar 11 milhões de toneladas de carvão por ano até 2015 e duplicar esse montante dois anos mais tarde, embora o o projecto de expansão da mina de Moatize tenha sido adiada por 12 meses, para o segundo semestre de 2015.

Ricardo Saad informou ainda que a Vale Moçambique está a colaborar com a estatal Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique para ultrapassar algumas das dificuldades logísticas e aumentar a capacidade da linha do Sena, a única actualmente existente para escoar o carvão extraído na província de Tete até à costa do Oceano Índico. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH