Empresa Nacional de Electricidade de Angola quer chegar a 2015 com situação estável

13 March 2013

A Empresa Nacional de Electricidade (ENE) de Angola chegar a 2015 com uma situação económica e financeira sustentável tendo para o efeito aprovado recentemente um plano estratégico para o triénio 2013/2015, afirmou quarta-feira em Luanda o presidente da empresa.

José Carlos das Neves salientou que a empresa iniciou, em 2008, um processo de reestruturação interna, criando áreas de negócios nos principais segmentos da cadeia de valor, nomeadamente nos domínios da produção, transporte e distribuição.

As melhorias registadas com a aplicação do processo de reestruturação, acrescentou o presidente da ENE, mereceram o reconhecimento governamental através da aprovação pelo Ministério da Economia do Relatório e Contas de 2011 pelo Ministério da Economia, o que ocorreu com poucas empresas do sector público.

Citado pela agência noticiosa angolana Angop, José Carlos das Neves salientou que para alcançar uma situação económica e financeira sustentável a ENE tem vindo a instalar em diversas províncias, casos de Cabinda, Malange, Huambo e Cuanza Sul, o sistema pré-pago de fornecimento de energia eléctrica.

José Carlos Neves adiantou que a empresa dispõe de uma potência instalada de 1906 megawatts e disponível de 1445 megawatts, embora a facturação represente actualmente apenas 70% da produção.

A Empresa Nacional de Electricidade tem actualmente perto de 300 mil clientes em baixa, média e alta tensão. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH