Grupo italiano ENI vende participação em bloco petrolífero em Moçambique ao grupo China National Petroleum Corporation

14 March 2013

O grupo italiano ENI vendeu uma participação de 28,57% na ENI East Africa à Petrochina Company Ltd, controlada pelo grupo China National Petroleum Corporation (CNPC), pelo montante de 4,21 mil milhões de dólares, informou o grupo em comunicado divulgado em Milão.

A ENI East Africa controla uma participação de 70% no bloco Área 4, na bacia do Rovuma, em Moçambique, pelo que com este negócio o grupo CNPC passa a deter 20% do bloco, permanecendo o grupo ENI como operador com uma participação de 50%.

Os restantes parceiros neste bloco são a estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos e os grupos Kogas da Coreia do Sul e Galp Energia de Portugal com 10% cada.

As partes acordaram ainda proceder ao desenvolvimento conjunto do bloco de gás de xisto Rongchang, que cobre cerca de 2 mil quilómetros quadrados na bacia de Sichuan. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH