Empresa portuguesa vai construir moradias para as Forças Armadas de Angola

8 April 2013

A empresa portuguesa de construção civil Tomás de Oliveira ganhou uma empreitada no valor de 125 milhões de dólares para construir mil moradias em Angola, na província da Lunda Sul, disse o administrador-delegado da empresa.

António Tinoco adiantou ao jornal português Diário Económico que com este novo contrato a Tomás de Oliveira vê o valor da sua carteira de obras em Angola aumentar para 170 milhões de dólares, a serem facturados ao longo dos próximos dois anos.

O contrato para a construção das moradias foi assinado com a Cooperativa Projecto Pérola Verde, que irá pagar a empreitada com fundos autónomos das Forças Armadas angolanas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH