Grupo Rio Tinto poderá vir a construir projecto ferroviário e portuário em Moçambique

10 April 2013

O grupo anglo-australiano Rio Tinto é um dos seis seleccionados pelo governo de Moçambique para a construção de um projecto ferroviário e portuário de 3 mil milhões de dólares para aumentar as exportações de carvão, anunciou terça-feira o ministro dos Transportes.

A ausência ou a fraca qualidade das infra-estruturas de transportes tem sido o principal problema com que se debatem os grupos internacionais que, nomeadamente em Tete, investiram em projectos de extracção de recursos minerais, tendo o próprio grupo Rio Tinto levado a resultados uma imparidade de 3 mil milhões de dólares relativamente ao seu projecto moçambicano.

“Tínhamos 21 empresas ou grupos na pré-selecção tendo escolhido seis que terão agora de apresentar as respectivas propostas”, disse o ministro Paulo Zucula à agência financeira Reuters.

O ministro acrescentou que, além do Rio Tinto, os restantes cinco seleccionados são grupos de logística e acrescentou que o vencedor deverá ser anunciado em Julho.

Este concurso visa a construção de uma linha de caminho-de-ferro desde a província de Tete até Macuse, na província da Zambézia e um novo porto que disponha de uma capacidade de processamento anual de 25 milhões de toneladas, com possibilidade de duplicação futura. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH