Investimento de 400 milhões de dólares vai melhorar funcionamento do porto de Maputo, Moçambique

10 April 2013

O porto de Maputo está a receber investimentos na ordem de 400 milhões de dólares para a melhoria das suas condições de funcionamento, anunciou quarta-feira em Maputo Johann Botha, director comercial da Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo (MPDC).

Por ocasião da celebração dos 110 anos do porto de Maputo e do décimo aniversário da concessão, que se assinalou quarta-feira, Botha revelou que com a melhoria das condições de funcionamento a sociedade gestora do porto pretende responder ao aumento da carga processada que, em 2012, atingiu 15 milhões de toneladas.

Johann Botha disse ainda que o investimento está a ser efectuado em obras de reparação e construção de estruturas de apoio e na compra de material operacional, concretamente em 12 novas pás-carregadoras (seis das quais já instaladas), o que vai permitir a redução do tempo de descarga no maior porto de Moçambique.

Nos próximos cinco anos, a MPDC espera que o investimento realizado no porto ascenda a cerca de 1,7 mil milhões de dólares e que, em 2020, a carga processada atinja 20 milhões de toneladas.

A MPDC foi criada em 2003 e tem como accionistas as empresas Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), Grindrod da África do Sul e Dubai Ports World, sendo estas duas últimas empresas detentoras de 51% do consórcio. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH