Moçambique escolhido para base de negócios da empresa portuguesa Rioforte

18 April 2013

A Rioforte, sociedade do grupo português Espírito Santo especializada na administração de activos não-financeiros, decidiu fazer de Moçambique a base operacional para o desenvolvimento dos seus negócios e investimentos no sul de África, disse o presidente da empresa.

Manuel Fernando Espírito Santo disse ao diário Notícias, de Maputo, que a empresa vai de imediato concentrar esforços no desenvolvimento da Mozambique Agricultural Corporation (Mozaco), constituída em parceria com o grupo moçambicano João Ferreira dos Santos, particularmente activo no sector agrícola.

O plano de negócios da operação agrícola da Mozaco em Moçambique prevê a plantação este ano de 220 hectares de soja e 240 hectares de algodão tendo Manuel Fernando Espírito Santo adiantando que estão já plantados 66 hectares de soja e dois hectares de algodão num projecto-piloto em Malema.

A primeira fase deste empreendimento decorre num horizonte temporal de cinco anos, estando previsto um investimento de 5 milhões de dólares, posto o que estarão plantados 2000 hectares de soja e ainda culturas como algodão, milho e girassol para recuperação dos terrenos proporcionando uma produção de 3 mil toneladas de feijão de soja.

A Rioforte está ainda envolvida em Moçambique na construção civil, através da Opway, na energia através de uma participação no grupo Georadar, que centra a sua actividade na prestação de serviços às empresas envolvidas na exploração de hidrocarbonetos e no turismo de viagens com a abertura em Maputo da agência TopAtlântico. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH