Empresas industriais de Angola vão prestar informação estatística periódica ao governo

24 April 2013

As empresas do sector industrial de Angola, tanto públicas como privadas, terão de partilhar de forma periódica com o governo informações sobre o tipo, quantidade e qualidade dos produtos que fabricam no país, informou quarta-feira em Luanda o secretário de Estado para a Indústria, Kiala Gabriel.

No final de um encontro realizado pelo Ministério da Indústria com empresas do sector industrial, Kiala Gabriel disse que o governo pretende ter uma ideia completa, pontual e periódica sobre o que se produz no país, onde se encontram as indústrias, quem são os operadores qual a quantidade e qualidade produzida.

“O objectivo é acompanhar bem o sector, para atendermos às necessidades do mercado nacional e protegê-lo das importações”, sublinhou o secretário de Estado para a Indústria, que acrescentou que a informação pretendia começará a ser fornecida ainda este semestre.

Na prática, precisou o secretário de Estado, os operadores vão preencher um formulário disponível numa página electrónica, onde são processados os dados que permitirão ao governo ter uma ideia do que está a ser produzido no país.

“Além da informação que irão fornecer, as empresas terão acesso a informações como qual a sua quota de mercado para um determinado produto, o que lhes permitirá avançar para outros projectos ou mesmo ampliar o negócio ou mudar de ramo”, esclareceu Kiala Gabriel.

O secretário de Estado disse estarem actualmente licenciadas pelo menos mil unidades fabris, embora bem todas funcionem, “uma vez que algumas estão em situação de falência ou em fase de privatização.” (macauhub)

MACAUHUB FRENCH