Grupo italiano ENI revê em alta reservas de gás natural em Moçambique

24 April 2013

O grupo italiano ENI reviu em alta de 75 biliões para 80 biliões de pés cúbicos a estimativa das reservas de gás natural existentes no bloco Área 4 da bacia do Rovuma, no norte de Moçambique, de acordo com um comunicado quarta-feira divulgado em Milão.

A conclusão do processo de avaliação ocorreu com a realização de um furo de prospecção no poço Mamba Sul 3, o nono poço perfurado naquele bloco, tendo a ENI afirmado que os resultados superam as expectativas, o que motivou a revisão em alta das estimativas.

O poço Mamba Sul 3 foi perfurado a uma profundidade de 4984 metros, tendo sido encontrado cerca de 213 metros de gás natural de elevada qualidade.

O grupo ENI é o operador do bloco Área 4, com 70% (a venda de uma participação de 20% ao grupo China National Petroleum Corporation (CNPC) está ainda dependente da aprovação das autoridades moçambicanas), tendo como parceiros os grupos português Galp Energia e sul-coreano Kogas e a estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, todos com 10% cada. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH