Governo de Moçambique vai emitir a curto prazo 16,2 milhões de dólares em Obrigações do Tesouro

25 April 2013

O governo de Moçambique deverá emitir até à próxima semana Obrigações do Tesouro no montante de 500 milhões de meticais (16,2 milhões de dólares), a primeira de um conjunto de quatro séries previstas no Plano de Endividamento Interno para 2013, de acordo com o jornal Notícias, de Maputo.

O referido Plano de Endividamento Interno contempla para este ano a emissão de Obrigações do Tesouro, que são títulos de dívida pública emitidas pelo Tesouro e através dos quais o Estado se endivida junto de pessoas colectivas concedendo-lhes, geralmente, juros mais atractivos que os depósitos a prazo da banca comercial, até 3,5 mil milhões de meticais (113,5 milhões de dólares).

O ministro das Finanças, Manuel Chang, afirmou que a colocação destes títulos no mercado financeiro interno não significa a retirada ou redução do crédito à economia, uma vez que o montante global da emissão foi determinado no âmbito da coordenação existente entre as políticas monetária e fiscal.

O ministro procedeu esta semana à certificação de 14 instituições financeiras nacionais como Operadores Especializados em Obrigações do Tesouro (OEOT), que passarão a agir nos mercados primário e secundário das Obrigações do Tesouro, como subscritores e colocadores”, disse o ministro.

Manuel Chang exortou aos operadores certificados a assegurar a colocação efectiva das emissões de Obrigações do Tesouro e a garantir a sua disponibilidade ao público, incentivando os moçambicanos a aplicar as suas poupanças nestes títulos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH