Banco Mundial empresta mais 150 milhões de dólares para apoiar agricultura em Moçambique

28 April 2013

O Banco Mundial aprovou dois créditos no montante de 150 milhões de dólares para apoiar o sector agrícola em Moçambique, nomeadamente comercial, bem como a segurança nutritiva dos moçambicanos, informou a instituição em comunicado divulgado em Washington.

Os dois créditos provêm da Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA), uma instituição do grupo Banco Mundial vocacionada a ajudar os países mais pobres do mundo, fornecendo empréstimos bonificados e subsídios para projectos e programas que impulsionem o crescimento económicos reduzam a pobreza.

Dos 150 milhões de dólares, 50 milhões destinam-se a apoiar as políticas governamentais para o sector da agricultura, concretamente a primeira de uma série de três operações destinadas a promover uma agricultura liderada pelo sector privado a fim de melhorar o acesso aos alimentos e uma melhor nutrição para a população.

“A agricultura em Moçambique oferece uma oportunidade única e imediata para promover o desenvolvimento económico e social equilibrado ao mesmo tempo que o país expande a indústria de gás e mineração”, disse Laurence C. Clarke, director do Banco Mundial para Angola, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

O segundo crédito, no total de 100 milhões de dólares, destina-se a apoiar o projecto do governo de criação de pólos de crescimento integrados, concebidos para melhorar o desempenho das empresas e pequenos proprietários de terras agrícolas no vale do Zambeze e no Corredor de Nacala, áreas com elevado potencial de crescimento.

O projecto irá contribuir para a criação de empregos e comercialização agrícola através do financiamento de uma variedade de actividades, incluindo a melhoria de estradas rurais, aumento de investimentos públicos executados por privados e a criação de ligações dos pequenos agricultores para as cadeias de fornecimento emergentes. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH