Obras da 2ª fase do projecto de expansão do porto da Praia, Cabo Verde, ficam concluídas este ano

6 May 2013

As obras da segunda fase de expansão e modernização do porto da Praia vão ficar concluídas ainda este ano, informou a agência noticiosa de Cabo Verde Inforpress citando fontes do Ministério de Infra-estruturas e Economia Marítima.

Estas obras, que estão orçadas em 72 milhões de euros, estão a ser realizadas por um consórcio das empresas portuguesas Somague, Moniz, Serra e Fortunato (MSF) e Etermar, tendo sido iniciadas imediatamente após a conclusão da primeira fase.

Esta fase, que ficou concluída e Setembro de 2012, teve um custo de 42 milhões de dólares tendo sido financiada pelo Millennium Challenge Account, o programa de apoio ao desenvolvimento dos Estados Unidos da América.

A segunda fase abrange a reparação do cais existente, a construção do manto de protecção de parque de contentores e edificação do quebra-mar de 234 metros de extensão, bem como o prolongamento do cais número um para cerca de 450 metros, de modo a permitir que dois navios de contentores se movimentem ao mesmo tempo com maior facilidade, não obstante a movimentação de navios de combustíveis na extremidade do cais.

A dragagem da bacia de manobra para fundos e a instalação de um sistema de apoio à navegação, assim como a construção do parque de contentores, são outras das componentes da obra.

Aquando da assinatura do contrato para a execução do projecto, o primeiro-ministro, José Maria Neves, destacou a “parceria preciosa” com Portugal que, no seu entender, está a permitir modernizar portos, aeroportos e estradas e acrescentou que, uma vez concluídas estas obras, o porto da Praia ficará dotado de todas as condições.

Pensado para um horizonte de 20 anos, o projecto de modernização e expansão do porto da Praia destina-se a que a infra-estrutura passe a ter, em 2030, um processamento de dois milhões de toneladas de carga. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH