Banco de Moçambique mantém inalteradas taxas de juro de referência

12 May 2013

O Banco de Moçambique decidiu manter inalteradas as principais taxas de juros e intervir no mercado para garantir que a massa monetária em circulação não ultrapasse 39 700 milhões de meticais no final de Maio corrente, informou o banco central em comunicado divulgado em Maputo.

De acordo com o comunicado, a Comissão de Política Monetária decidiu manter as taxas de juros da facilidade permanente de cedência de liquidez e de depósitos foram mantidas em 9,5% e 2,25%, respectivamente e o coeficiente de reservas obrigatórias em 8,0%.

No documento, o banco central adianta que a taxa de inflação registou um aumento de 0,75 pontos percentuais para 5,05% em Abril, mantendo-se a tendência de crescimento iniciada em Fevereiro.

Numa nota enviada à macauhub em Maputo, o banco central moçambicano informa que o aumento da inflação registado em Abril reflectiu a evolução dos preços das classes de bens e combustíveis domésticos, como o mobiliário ou o gás, e de produtos alimentares e bebidas não alcoólicas.

Segundo a instituição financeira, o comportamento inflacionista registado desde Fevereiro resulta de “uma conjuntura de início do ano difícil, caracterizada por cheias e inundações, que afectou a oferta de produtos alimentares em alguns mercados, principalmente frutos e vegetais”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH