Presidentes da China e de Moçambique reafirmaram continuidade da cooperação bilateral

13 May 2013

Os presidentes Xi Jinping da China e Armando Guebuza de Moçambique aproveitaram o encontro segunda-feira em Pequim para reafirmarem o seu desejo em darem continuidade à cooperação entre os dois países, informou a agência noticiosa chinesa Xinhua.

No decurso de um encontro de meia hora, que foi seguido por um jantar de trabalho que se prolongou por mais de uma hora, o presidente chinês recordou o encontro entre os dois havido em Março, na África do Sul, e reafirmou que a China pretende continuar a cooperar com Moçambique.

Xi disse ainda que a cooperação bilateral apresenta inúmeras oportunidades e sugeriu que os dois países devem aprofundar a realização de projectos nos domínios da construção de infra-estruturas, energia, agricultura e pescas.

Armando Guebuza, por seu turno, agradeceu o apoio da China, iniciado antes da independência do país, em 1975, e aproveitou a ocasião para dizer que desejaria que mais empresas chinesas participassem no desenvolvimento de Moçambique.

De acordo com um comunicado divulgado em Maputo antes da partida da comitiva presidencial, Armando Guebuza irá participar, no decurso na sua visita de 7 dias à China, de 13 a 19 de Maio, na “cerimónia de abertura do Segundo Fórum Mundial de Cultura de Taihu, na cidade de Hangzhou.”

Armando Guebuza, que viaja acompanhado dos ministros dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Oldemiro Balói, da Presidência para os Assuntos Sociais, Feliciano Gundana e da Presidência para os Assuntos Parlamentares, Autárquicos e das Assembleias Provinciais, Adelaide Amurane, realizará ainda “um encontro com a comunidade estudantil moçambicana na China e visitas a locais de interesse económico, social e cultural.”

Em 2012, o comércio entre a China e Moçambique ascendeu a 1344 milhões de dólares, um acréscimo homólogo de 40,94%, com Moçambique a ter comprado bens no valor de 941 milhões de dólares (mais 34,83%) e vendido mercadorias no montante de 402 milhões de dólares (mais 57,64%). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH