Empresa chinesa inicia construção de fábrica de processamento de algodão em Moçambique

20 May 2013

A empresa China Africa Cotton procedeu na semana passada ao lançamento da primeira pedra da fábrica de descaroçamento de algodão na localidade de Subué, na província de Sofala, de acordo com o diário Notícias, de Maputo.

Esta unidade industrial, em que vão ser aplicados 6 milhões de dólares, terá capacidade para processar 30 mil toneladas de algodão caroço e produzir ainda 3 mil litros de óleo alimentar por ano, disse ao jornal Hu Xiuxiang, representante dos investidores chineses.

Na cerimónia de lançamento da primeira pedra, Hu salientou que a China Africa Cotton está presente em outros países africanos e disse ainda ter sido o aumento da produção de algodão naquela região que levou a administração da empresa a decidir construir uma unidade para o processamento de algodão caroço.

Na sua intervenção, Hu Xiuxiang solicitou ao ministro de Agricultura, José Pacheco, presente na cerimónia, a ligação, tão rápida quanto possível, da localidade à rede nacional de energia eléctrica para garantir o funcionamento da fábrica a ser construída. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH