Empresa portuguesa Resul estuda construção de fábrica de contadores de electricidade em Angola

22 May 2013

A empresa portuguesa Resul – Equipamentos de Energia prepara a construção de uma fábrica de contadores de electricidade em Angola a fim de responder à procura que se verifica por este tipo de equipamentos, disse o presidente e fundador da empresa.

Carlos Torres disse ao jornal português Sol que a ideia para a construção da fábrica até partiu do membros do governo angolano que sugeriram a instalação em Angola de uma linha de montagem daqueles equipamentos, especificamente dos de pré-pagamento, atendendo à procura que se antecipa.

O presidente da Resul adiantou que a empresa que dirige procura neste momento obter garantias de que após o investimento efectuado, “de quatro a cinco milhões de euros”, o projecto será viável a longo prazo, principalmente a nível da concorrência.

Os contadores de pré-pagamento funcionam como um cartão de telemóvel recarregável e, mais do que significarem para a empresa fornecedora de electricidade a antecipação do pagamento, “são uma garantia desse pagamento, uma preocupação muito grande em África.”

Angola é neste momento o país onde a facturação da Resul é mais elevada, com nove milhões de euros em 2012, com Portugal a representar cerca de 30% nas contas consolidadas, de 30,5 milhões de euros em 2012.

Constituída há 25 anos, actualmente com duas fábricas em Portugal, uma em Moçambique e outra no Canadá, a Resul está presente em países como o Burundi, Suriname, Israel ou Curaçau. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH