Banco Central do Brasil revê em baixa para 2,93% previsão de crescimento da economia

28 May 2013

A previsão de crescimento da economia do Brasil foi revista em baixa de 2,98% para 2,93%, informou o Banco Central do Brasil que manteve a previsão de crescimento do PIB para 2014 em 3,5%.

Recentemente, o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou que o novo ciclo de aumentos na Selic, a taxa básica de juros brasileira, não irá interferir no crescimento da economia este ano.

Por outro lado, o Banco Central reviu igualmente em baixa o saldo positivo da balança comercial de 9,05 mil milhões de dólares para 8,3 mil milhões de dólares este ano, sendo que em 2014 deverá aumentar de 10 mil milhões de dólares para 10,4 mil milhões de dólares.

A balança de transacções correntes, que regista a compra e venda de mercadorias e de serviços do Brasil com o exterior, terá este ano um saldo negativo de 72 mil milhões de dólares, contra uma anterior previsão de 70,9 mil milhões de dólares, valor que aumentará para um saldo igualmente negativo de 78 mil milhões de dólares em 2014, mais do que os 75,5 mil milhões de dólares anteriormente antecipados.

A previsão relativamente ao investimento directo estrangeiro foi mantida sem alteração em 60 mil milhões de dólares, tanto em 2013 como em 2014. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH