Empresa de capitais chineses investe na pesca em Angoche, norte de Moçambique

28 May 2013

Uma empresa de capitais chineses a operar em Angoche, na província de Nampula, vai aplicar 20 milhões de dólares no reforço da frota de pesca de oito para 20 embarcações, disse o gerente da empresa Kui Guiyu, de acordo com o matutino Notícias, de Maputo.

No decurso de um encontro com o ministro das Pescas de Moçambique, Victor Borges, Kui Guiyu disse ainda que o montante referido irá ser investido ao longo de cinco anos e incluirá a construção de novas instalações e aquisição de novas unidades de conservação de pescado.

As instalações que a empresa chinesa arrenda actualmente pertencem à Pesca Norte, empresa recentemente reactivada depois de cerca de uma década de paralisação devido a dificuldades financeiras e que dispõe de capacidade de conservação de 70 toneladas de pescado.

A intenção dos investidores chineses é criar nos próximos tempos uma nova empresa de pesca semi-industrial tendo o gerente-geral afirmado que o reforço da frota de pesca e a expansão das infra-estruturas de conservação vai implicar a contratação de mais mão-de-obra, além dos 95 trabalhadores, 17 dos quais estrangeiros, já na folha de pagamentos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH