Empresa de capitais da Irlanda pretende comercializar madeira de Moçambique

6 June 2013

A empresa de capitais irlandeses Wad International pediu uma licença de comercialização de recursos florestais na província do Niassa a serem colocados nos mercados da Europa e da China, disse o representante da empresa Kenned Covela.

De acordo com o matutino Notícias, de Maputo, Covela disse que a empresa pretende iniciar brevemente a comercialização de madeira das espécies pau-preto, umbila e bonzo, que será adquirida a operadores florestais licenciados.

O centro das actividades da Wad International será em Mecanhelas, Nipepe, Maúa e Cuamba, distritos da região sul da província do Niassa que dispõem de grandes recursos florestais.

Atendendo a que a legislação florestal em vigor em Moçambique estipula que algumas espécies de madeira só podem ser exportadas depois de terem um processamento inicial no país, a empresa está em negociações para alugar uma serração em Cuamba, propriedade das Forças Armadas de Moçambique.

O representante da empresa adiantou que a chegada, dentro de dias, dos gestores da empresa deverá representar o início da actividade, concretamente da contratação de pessoal para operar as máquinas de corte e a serração. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH