Empresários da Alemanha interessados no granito negro de Angola

9 June 2013

Empresários da Alemanha estão interessados em estabelecer acordos de cooperação com empresas angolanas do sector mineiro, particularmente as de extracção de granito negro, afirmou sexta-feira em Lubango, província da Huíla, o embaixador da Alemanha em Angola.

No final da visita que a delegação de empresários alemães efectuou à nova Zona Industrial do Lubango, o embaixador Yorg Verner Marquet disse que os homens de negócios ficaram impressionados com a qualidade do sistema de produção de granito negro.

Disse que a Alemanha tem sido uns dos países que importa granito bruto de Angola, sendo previsível que os empresários alemães assinem acordos de cooperação com os responsáveis das unidades fabris existentes naquela zona industrial.

Yorg Verner Marquet afirmou ainda que os empresários alemães sublinharam igualmente o interesse de investir no sector de energia, águas e agro-pecuária.

“Esta é segunda vez que venho para o Lubango e estou bastante impressionado com o desenvolvimento económico que se registou nos últimos anos, visível no alargamento da zona industrial e no desenvolvimento do comércio”, realçou, citado pela agência noticiosa angolana Angop.

O embaixador recordou que a Alemanha está a despender na cidade do Lubango mais de 130 milhões de dólares em projectos ligados ao fornecimento de água e energia, protocolo que será ainda acelerado com parcerias que serão feitas pelos empresários alemães e da Huíla.

Durante a estada na cidade do Lubango, os empresários da Alemanha visitaram as fábricas de transformação de granito Emanha e Granisul e de produção de bebidas Ngola, Coca-Cola, Água da Chela e Tandavala. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH