Região litoral centro de Angola vai ter o segundo maior centro populacional do país

9 June 2013

O governo de Angola pretende converter a faixa litoral centro de Angola, que compreende as cidades de Benguela, Baía Farta, Catumbela e Lobito, no segundo maior centro populacional urbano do país, afirmou recentemente o administrador do Lobito Amaro Segunda Ricardo.

Citado pela agência noticiosa angolana Angop, aquele responsável disse que o governo central, ao abrigo do Programa Angola 2025, está a programar acções que, até finais de 2017, vão permitir a instalação de várias infra-estruturas capazes de acompanhar as necessidades sócio-materiais dos habitantes daquela região.

A região litoral centro de Angola conta com quase dois milhões de habitantes, numa superfície de 12 529 quilómetros quadrados, dispondo de importantes instalações de produção e distribuição de água potável canalizada e energia eléctrica.

O administrador do Lobito, que falava no decurso de uma conferência realizada na quarta e quinta-feira passadas no Lobito, disse ser visível o crescimento urbano e populacional, em função do desenvolvimento industrial que se assiste, tendo a cidade transformado-se numa plataforma logística da região e ser actualmente o segundo maior centro económico-financeiro de Angola.

“Todos os bancos comerciais a operar em Angola estão presentes no Lobito, a norte da cidade está a ser construída a maior refinaria de petróleo de Angola, num terreno com 370 hectares, dispomos de um porto de primeira classe e de uma linha férrea de cerca de 1500 quilómetros, ligando o país à Zambia e RDCongo”, salientou.

A cidade do Lobito, a sede do corredor internacional com o mesmo nome, prepara-se para assinalar o seu centenário a 2 de Setembro próximo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH