Governo angolano prepara política de investimentos do Fundo Soberano de Angola

12 June 2013

O governo de Angola está a preparar a eleição de um novo presidente do Conselho de Administração do Fundo Soberano de Angola e a elaborar respectiva política de investimentos, informou em comunicado divulgado em Luanda um administrador do Fundo.

Em comunicado citado pela agência noticiosa angolana Angop, o administrador José Filomeno dos Santos adiantou que ao mesmo tempo que o governo prepara a estratégia de investimento do Fundo, continuar-se-á a trabalhar na consolidação das bases operacionais e prudenciais necessárias para a gestão profissional da instituição.

O administrador justificou o atraso na aprovação da política de investimento do Fundo na aprovação tardia pelo parlamento do Orçamento Geral do Estado para 2013 e da tomada de posse dos membros da Assembleia Nacional e do governo, na sequência das eleições gerais de 2012.

Segundo o responsável, em conformidade com o compromisso de se operar de forma transparente, serão fornecidas informações regulares e actualizadas ao mercado, relativamente à actividade do Fundo Soberano.

O Fundo dispõe de 500 mil milhões de kwanzas (5183 milhões de dólares), actualmente sob o controlo do Banco Nacional de Angola, para a realização de investimentos, fundamentalmente em infra-estruturas.

O Fundo Soberano de Angola (FSDEA) é um fundo autónomo pertencente integralmente ao Estado angolano, tendo sido criado à luz dos padrões internacionais de governação e deverá diversificar, gradualmente, a sua carteira de investimentos em vários sectores e classes de activos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH