Grupo norte-americano Chevron vai explorar bloco petrolífero em nome de Angola e da República do Congo

24 June 2013

Angola e a República do Congo acordaram a exploração conjunta do bloco petrolífero Lianzi localizado na fronteira marítima entre a província angolana de Cabinda e a região congolesa de Kouilou, informou o jornal diário “Les Dépêches de Brazzaville”.

O jornal acrescentou que a decisão foi tomada no decurso de uma reunião segunda-feira ocorrida em Pointe Noire que juntou à mesma mesa o ministro dos Petróleos de Angola, Botelho de Vasconcelos e o seu congénere congoles André Raphaël Loemba.

O bloco Lianzi tem reservas estimadas em 70 milhões de barris e o grupo norte-americano Chevron foi seleccionado por acordo entre os dois países para proceder à sua exploração, em que serão investidos mais de 2,5 mil milhões de dólares.

As fontes citadas pelo “Les Dépêches de Brazzaville” indicaram que a exploração comercial poderá iniciar-se em Outubro de 2015 sendo as receitas provenientes da venda do petróleo divididas em partes iguais entre os dois países.

O acordo autorizando a Chevron a proceder à exploração comercial do bloco Lianzi havia sido assinado em Julho de 2012 em Brazzaville por representantes de Angola e da República do Congo. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH