Província do Cuanza Sul, Angola, produziu 3150 toneladas de café na campanha 2012/13

7 July 2013

Os cafeicultores da província angolana do Cuanza Sul produziram mais de 3150 toneladas de café no decurso da campanha agrícola 2012/13, disse sábado o vice-governador provincial, Mateus Alves de Brito.

O vice-governador adiantou que o relançamento da cultura do café em grande escala vai contribui para o desenvolvimento socioeconómico do país e recordou que o governo da província pretende relançar a cultura do café em todos os municípios produtores, nomeadamente Amboim, Libolo, Conda, Kilenda, Kassongue, Kilenda, Seles e Mussende.

O chefe de departamento provincial do Instituto Nacional do Café no Cuanza Sul, Magalhães Alfredo Lourenço, disse que a campanha agrícola 2012/2013 foi satisfatória, apesar das fracas chuvas que se fizeram sentir.

Alfredo Lourenço disse estar igualmente em curso um projecto de desenvolvimento da cafeicultura, financiado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, nos municípios do Amboim e Cassongue.

Até 1975, ano em que obteve a independência de Portugal, Angola foi o quarto produtor mundial com produções que atingiram 220 mil toneladas, tendo o café constituído a principal exportação de Angola até 1973, ano em foi substituído pelo petróleo.

A cultura do café concentrava-se nas províncias do noroeste mas com o início da guerra civil, em 1975/76, a produção diminuiu, levando ao desaparecimento da estrutura comercial. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH