Zona Económica Especial de Nacala, Moçambique, atraiu 1600 milhões de dólares em investimento desde 2009

15 July 2013

Setenta e sete empresas investiram cerca de 1600 milhões de dólares na Zona Económica Especial de Nacala, província de Nampula, desde 2009 tendo criado mais de 14 mil postos de trabalho, informou o ministro de Planificação e Desenvolvimento de Moçambique.

O ministro Aiuba Cuereneia disse ainda que em resultado do estabelecimento naquela zona de unidades industriais, empreendimentos turísticos e empresas de prestação de serviços, nomeadamente, aumentou a pressão sobre as infra-estruturas, incluindo as de fornecimento de serviços básicos como água, electricidade e telecomunicações.

A fim de dar resposta à procura criada, o governo está a executar diversos projectos, sendo de destacar a reparação e ampliação da barragem de Nacala, expansão do sistema de abastecimento de água à cidade, construção do aeroporto internacional e do terminal de carvão em Nacala-a-Velha, expansão do porto e reparação de emergência do terminal de contentores.

No decurso do 3.º fórum de reflexão sobre a execução de projectos na Zona Económica Especial de Nacala (ZEEN), o ministro adiantou que a cidade registou uma grande expansão do sector bancário, passando a contar com 10 agências, facto que aumentou a capacidade de captação de poupanças dos cidadãos e a sua canalização para o financiamento da economia.

De acordo com o matutino Notícias, de Maputo, os encontros de reflexão sobre a ZEEN passam a ser anuais, constituindo-se num fórum de diálogo entre entidades envolvidas, a fim de avaliar o grau de execução e corrigir o que estiver errado.

Referindo que a ZEEN não é uma iniciativa isolada do contexto do país, o ministro citou o projecto ProSavana, uma iniciativa do governo em parceria com o Japão e Brasil, que pretende criar condições para o desenvolvimento duma agricultura virada para o mercado.

O Prosavana terá na ZEEN uma base para a transformação industrial dos seus produtos e terá no porto de Nacala uma saída preferencial para os mercados internacionais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH