Entidades da Guiné-Bissau e do Brasil assinam protocolos de cooperação com Macau

22 July 2013

Dois protocolos de cooperação foram segunda-feira assinados em Macau entre entidades locais e da Guiné-Bissau e uma empresa do Brasil, no encerramento do colóquio sobre gestão de empresas para os países de língua portuguesa promovido pelo Fórum Macau.

Um dos acordos foi assinado entre a Câmara de Comércio, Indústria, Agricultura e Serviços da Guiné-Bissau e a Associação dos Exportadores e Importadores de Macau.

“Através da assinatura do protocolo, os empresários da Guiné-Bissau podem aproveitar a plataforma de Macau para entrar no mercado da China”, disse o presidente da Associação dos Exportadores e Importadores de Macau, Tsui Wai Kuan.

O segundo protocolo foi assinado entre a empresa brasileira Dinheiro Cred e a K.S.H. Investment Management, tendo em vista a realização de parcerias e negócios entre ambas.

“Uma vez que no próximo ano vai realizar-se o mundial de futebol no Brasil, muitos empresários de Macau querem ter contactos com os do Brasil e ter também uma empresa que sirva de bolsa de consultoria para a importação e exportação”, afirmou a secretária-geral adjunta do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Fórum Macau), Rita Santos.

Promovido pelo Centro de Formação do Fórum Macau, o colóquio decorreu durante duas semanas, em Macau e Guiyang, na província chinesa de Guizhou, e contou com 33 participantes oriundos do Brasil, Angola, Portugal, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Timor-Leste, além de dois representantes da região autónoma de Guangxi. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH