Grupo chinês Sinohydro vai construir subestações de média tensão no Cuanza Norte, Angola

22 July 2013

O grupo chinês Sinohydro vai construir duas novas subestações de média tensão na província angolano do Cuanza Norte que servirão para melhorar o fornecimento de energia eléctrica aos municípios do Cazengo e Cambambe, informou um quadro do grupo.

José Neves, encarregado do grupo em Angola, disse à agência noticiosa angolana Angop que a construção das duas novas subestações, com um custo de 35 milhões de dólares, foi contratada pelo governo provincial.

As obras, que terão início em Agosto próximo, contemplam ainda a instalação de novas redes de distribuição de baixa tensão em Ndalatando (sede da província) e na localidade de Alto Dondo, esta última para abastecer também a cidade do Dondo (sede do município).

Neves adiantou que no caso de Ndalatando serão colocados perto de 7650 metros de cabos de baixa tensão e 45 caixas de distribuição, para alimentar 180 postos de iluminação pública e uma quantidade indeterminada de ligações domiciliárias.

Já no Alto-Dondo, a rede de baixa tensão terá uma extensão de 16 quilómetros em instalações subterrâneas, comportando 86 caixas de iluminação pública, para alimentar 34 novos postos a serem instalados no decurso das obras. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH