Moçambique tem 29 milhões de hectares de floresta intacta

29 July 2013

Moçambique tem ainda 29 milhões de hectares (29 mil quilómetros quadrados) de floresta intacta pelo que a exploração desenfreada dos recursos florestais não coloca em perigo a sobrevivência das espécies florestais, disse em Inhassoro o director nacional de Terras e Florestas.

Simão Joaquim disse ainda que a presença em Moçambique de muitas empresas estrangeiras, naquilo que se pode definir como a exploração desenfreada de madeira para exportação, não constitui ainda um perigo para a sobrevivência das florestas.

No entanto, aquele responsável apelou aos intervenientes no sector para que observem as normas e os regulamentos previstos para a execução desta actividade, de acordo com o matutino Notícias, de Maputo,

Precisamente por não terem respeitado as normas e regulamentos, salientou Simão Joaquim, 33 operadores florestais, entre nacionais e estrangeiros, viram as respectivas licenças de exploração canceladas para a presente época e outros 44 foram advertidos por prática de muitas irregularidades, nomeadamente corte de madeira em locais não permitidos, transporte ilegal e corte no período de defeso.

A maior parte dos operadores punidos tinha operações nas províncias Cabo Delgado Nampula, Zambézia e Sofala e quatro deles foram proibidos de trabalhar em Moçambique por reincidência.

Simão Joaquim acrescentou que a exportação de madeira em toros ou serrada para os mercado asiático e europeu está a ser feita de acordo com a legislação em vigor, havendo um conjunto de actividades em curso visando melhorar o enquadramento legal desta actividade. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH