Angolana Sociedade Mineira do Catoca vai distribuir aos accionistas totalidade dos lucros

31 July 2013

A Sociedade Mineira do Catoca vai distribuir a totalidade dos 131,7 milhões de dólares de lucros alcançados em 2012 pelos accionistas, de acordo com o Relatório e Contas da empresa, citado pelo semanário angolano Expansão.

O documento adianta que a estatal Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama) e a igualmente estatal russa Almazzi Rossi – Sakha (Alrosa) vão receber cada uma 43,2 milhões de dólares, a LLI Holding, empresa do grupo privado israelita Lev Leviev com sede na China, 23,7 milhões de dólares e o grupo brasileiro Odebrecht 21,6 milhões de dólares.

A Catoca, constituída em Setembro de 1993 e actualmente o quinto maior produtor mundial de diamantes e o primeiro em Angola, é detida em partes iguais (32,8%) pelos dois grupos estatais angolano e russo, a LLI Holding controla 18% e a brasileira Odebrecht os restantes 16,4%.

Em 2012, a empresa foi afectada pela quebra registada nos preços dos diamantes pelo que o lucro alcançado, de 131,7 milhões de dólares, foi inferior em 7% ao registado um ano antes, de 141,6 milhões de dólares.

No ano passado, informa o relatório, as vendas caíram em cerca de 32 milhões de dólares face ao ano anterior, para 579 milhões de dólares, resultado do abrandamento do nível de preços dos diamantes, devido à instabilidade nos Estados Unidos da América e Europa e ao abrandamento do crescimento da China e Índia.

O mercado de diamantes brutos em Angola ascendeu, em 2012, a cerca de 922,9 milhões de dólares, para um total de 7,8 milhões de quilates, de acordo com a Sociedade de Comercialização de Diamantes de Angola (Sodiam). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH