Grupo automóvel chinês Lifan aposta na comercialização de veículos no Brasil

1 August 2013

O grupo chinês Lifan investirá na construção de uma fábrica de montagem de veículos no Brasil apenas quando o negócio de venda de automóveis crescer naquele país, afirmou em Chongqing o presidente do grupo, Yin Mingshan.

O grupo Lifan espera vender entre 12 mil e 15 mil veículos no Brasil em 2014, mas a meta é atingir rapidamente a comercialização de 20 mil unidades por ano.

Yin Mingshan disse ainda que o objectivo é de que no período de cinco anos o Brasil represente 3% da facturação mundial do grupo, que em 2012 vendeu 300 mil veículos.

Para alcançar esse objectivo, o grupo está a finalizar a instalação do centro de distribuição de peças, em São Paulo, que deverá ficar pronto ainda este mês, além de ir expandir a rede de concessionários em todo o Brasil.

Antes de investir em qualquer fábrica no Brasil, o grupo vai expandir as suas operações no Uruguai a fim de atingir a incorporação local exigida pelo acordo bilateral entre os dois países latino-americanos, de 30% em 2012, 40% em 2013, 50% em 2014 e 60% a partir de 2015.

Para atingir as metas de incorporação local, o grupo Lifan vai investir também 200 milhões de dólares na fábrica uruguaia para a montagem de motores, numa primeira fase, e de montagem e pintura das carroçarias numa segunda. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH