Moçambique inaugura fábrica de processamento de arroz na Zambézia com apoio da China

6 August 2013

Uma fábrica de processamento de arroz, com capacidade de descascar 150 toneladas por dia, foi inaugurada terça-feira em Namacurra, na província da Zambézia, em Moçambique escreve o jornal Notícias.

Trata-se de um projecto do Instituto de Cereais de Moçambique avaliado em cerca de 10 milhões de dólares, co-financiados pelos governos de Moçambique e da República Popular da China.

Segundo o jornal as obras de construção do empreendimento de descasque de arroz, realizadas por uma empresa chinesa, tiveram início em Novembro de 2010 e terminaram em Dezembro de 2012.

O Ministro da Indústria e Comércio, Armando Inroga, antes da cerimónia de abertura da fábrica, que contou com a presença do Presidente da República, Armando Guebuza, disse que o governo está a criar as condições necessárias para a exploração dos 416 mil hectares de sistemas de regadios disponíveis na província da Zambézia através de financiamentos do pacote financeiro para a zona centro de Moçambique denominado por Apoio ao Investimento nos Agro-Negócios, avaliado em 120 milhões de meticais.

O investimento, segundo Inroga, será feito nos distritos da Maganja da Costa, Mopeia, Namacurra, Nicoadala e cidade de Quelimane, regiões que apresentam condições agro-climáticas para a produção do arroz.

Os actuais níveis de produção de arroz na província da Zambézia são de 280 mil toneladas anuais.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH