Banco russo VTB Africa financia segunda fase do projecto diamantífero de Catoca

7 August 2013

O banco russo VTB Africa vai financiar a segunda fase do projecto diamantífero de Catoca, situado na província da Lunda Sul, em Angola, avaliado em 20 mil milhões de kwanzas (US$ 207 milhões), revelou quarta-feira, em Luanda, o presidente do conselho de administração, Igor Skvortsov.

O presidente do conselho de administração do banco russo disse ainda à agência Angop que o banco está igualmente a analisar a possibilidade de investir na segunda fase do projecto hidroeléctrico de Chicapa, localizado também na Lunda Sul, mas não adiantou valores.

Igor Skvortsov disse que os investimentos no sector petrolífero e de gás são muito dispendiosos e a Rússia tem políticas próprias para regular estas indústrias pelo que o VTB Africa considera existirem melhores e mais fáceis oportunidades de negócio na área da agricultura e produção de energia.

A Sociedade Mineira de Catoca (SMC) é constituída pelas empresas Endiama (Angola) 32,8% , Alrosa (Rússia) 32,8%, Daumonty (Israel) 18 % e Odebrecht (Brasil) 16,4%.

Igor Skvortsov está presente no segundo fórum de Negócios Rússia-Angola que encerra hoje em Luanda e conta com a participação de várias instituições angolanas e empresas russas ligadas ao sector de energia e gás, caminhos-de-ferro e produção de veículos automóveis.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH