Angola adere à Zona de Livre Comércio da SADC apenas em 2014 ou 2015

15 August 2013

Angola vai aderir Zona de Livre Comércio da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) apenas em 2014 ou 2015, afirmou a ministra do Comércio angolana, Rosa Pacavira, citada pela agência noticiosa angolana Angop.

Dizendo que não será na 33ª cimeira de chefes de Estado e de governo, que se reúnem sábado e domingo em Lilongué, que Angola anunciará a sua adesão à Zona de Comércio Livre, a ministra salientou que Angola manterá a posição assumida na anterior cimeira, realizada em Maputo, por existirem ainda “alguns acertos” que é preciso fazer nos sectores da energia e agricultura, entre outros.

No entanto, Rosa Pacavira salientou que especialistas angolanos dos diversos sectores estão a trabalhar para que esta adesão aconteça tão depressa quanto possível.

A Zona de Comércio Livre, lançada em Agosto de 2007, em Joanesburgo, na 28ª Cimeira da SADC, teve a adesão da África do Sul, Botswana, Lesoto, Malawi, Ilhas Maurícias, Moçambique, Namíbia, Suazilândia, Tanzânia, Zâmbia, Zimbabué e Madagáscar, ficando de fora Angola, RDCongo e Ilhas Seicheles.

O objectivo é reforçar a integração económica e a industrialização rápida na sub-região do continente, através da expansão de oportunidades de negócio e remover de forma gradual as barreiras no comércio.

Dos países que assumiram já este compromisso, a África do Sul tem a maior economia, com um Produto Interno Bruto (PIB) de 282 mil milhões de dólares, representando 65% do total do mercado da SADC. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH