Grupo britânico Ncondezi Energy obtém concessão mineira em Moçambique

29 August 2013

A Ncondezi Coal Company Mozambique, subsidiária do grupo britânico Ncondezi Energy, obteve uma concessão mineira em Moçambique para o seu projecto integrado de mina de carvão e central térmica, informou o grupo em comunicado divulgado esta semana.

A concessão atribuída pelo Ministério dos Recursos Minerais, válida por 25 anos, diz respeito ao depósito de carvão Ncondezi, que se situa no distrito de Moatize, na província de Tete, relativamente próximo das minas de carvão a serem actualmente exploradas pelos grupos anglo-australiano Rio Tinto e brasileiro Vale.

De acordo com o grupo, a concessão, que reúne duas licenças de exploração, abrange uma área de 251 quilómetros quadrados, contempla ainda a construção de uma central térmica com uma capacidade de produção de 1800 megawatts, a ser construída em fases sucessivas de 300 megawatts cada.

Contrariamente às outras empresas e grupos que pretendem extrair carvão para exportação, o projecto do grupo Ncondezi Energy baseia-se na extracção de carvão térmico para utilizar como combustível para a produção de energia eléctrica.

“A produção de carvão térmico para exportação terá lugar apenas quando a infra-estrutura de portos e caminhos-de-ferro em Moçambique estiver suficientemente avançada”, adianta o grupo, que acrescenta que esta abordagem tem a dupla vantagem de reduzir o capital necessário para a exploração da mina e reduz a dependência da Ncondezi em infra-estruturas de logística geridas por terceiros.

A Ncondezi Coal Company Mozambique assinou ainda um acordo com o Ministério dos Recursos Minerais, ao abrigo do qual a Empresa Moçambicana de Exploração Mineira receberá 5% do capital da empresa, outros 5% serão alienados em bolsa de valores a cidadãos moçambicanos e a empresa tem de gastar pelo menos 5 milhões de dólares em projectos de carácter social. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH