Grupo norte-americano General Electric pretende investir em Timor-Leste

4 September 2013

O grupo norte-americano General Electric pretende investir em Timor-Leste, informou terça-feira o ministro das Obras Públicas, Gastão de Sousa, que recebeu uma delegação chefiada pela responsável do grupo para a Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), Kristin Paulson.

No comunicado, informa-se que Kristin Paulson recordou a Gastão de Sousa a presença do grupo norte-americano na ASEAN, nomeadamente na Malásia, Singapura, Cambodja e Birmânia a que se pretende agora adicionar Timor-Leste.

O ministro Gastão de Sousa realçou a importância de o grupo norte-americano querer participar no desenvolvimento de Timor-Leste e mencionou o projecto Tasi Mane, que visa desenvolver a costa sul do país através da indústria petrolífera e inclui a construção de três grupos industriais, que serão a espinha dorsal daquele sector empresarial do país.

Tasi Mane inclui a base de fornecimento do Suai, a refinaria e um grupo de indústria petroquímica em Betano e uma exploração de gás (através do gasoduto que as autoridades timorenses pretendem ver construído a partir do Greater Sunrise) em Viqueque/Beasu.

As zonas económicas especiais, a serem criadas em áreas ao pé de portos e aeroportos, partes da costa sul e na cidade de Dili, têm como principal objectivo atrair o sector financeiro, nomeadamente bancos, seguradoras e empresas de serviços profissionais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH