Comércio entre a China e países de língua portuguesa cai 2,98% de Janeiro a Julho

11 September 2013

O comércio entre a China e os países de língua portuguesa cifrou-se em 73 649 milhões de dólares de Janeiro a Julho, valor que representa uma quebra de 2,98% em termos homólogos, de acordo com dados oficiais divulgados em Macau.

Nos primeiros sete meses do ano, a China exportou para os oito de língua portuguesa bens no valor de 24 221 milhões de dólares (mais 6,32%) e importou mercadorias a um custo de 49 428 milhões de dólares (menos 6,94%), assumindo um défice comercial de 25 207 milhões de dólares.

Com o Brasil as trocas comerciais situaram-se no período em 49 715 milhões de dólares, em queda marginal de 0,06%, tendo a China vendido bens no valor de 19 942 milhões de dólares (mais 7,0%) e adquirido produtos cujo valor ascendeu a 29 773 milhões de dólares (menos 4,28%).

Angola, o segundo parceiro comercial da China de entre os oito de língua portuguesa, colocou na China mercadorias, genericamente petróleo, no valor de 18 663 milhões de dólares (menos 10,55%) e importou daquele país bens no valor de 2165 milhões de dólares (mais 3,18%), tendo-se o comércio bilateral situado em 20 828 milhões de dólares (menos 9,29%)

Em terceiro lugar surge Portugal que efectuou trocas comerciais com a China no montante de 2189 milhões de dólares (menos 7,79%), com a China a ter vendido produtos no valor de 1413 milhões de dólares (menos 2,48%) e a ter comprado bens no montante de 776 milhões de dólares (menos 16,11%).

O comércio entre Moçambique a China ascendeu no período a 852 milhões de dólares (mais 13,45%), com a China a vender bens no valor de 645 milhões de dólares (mais 23,24%) e a comprar mercadorias no montante de 206 milhões de dólares (menos 9,15%). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH