Crédito malparado em Portugal atinge em Julho valor recorde

11 September 2013

As dificuldades das empresas e das famílias em cumprir os compromissos contraídos junto da banca devido à recessão económica e ao desemprego fez com que o crédito malparado em Portugal tenha atingido o valor mais elevado de sempre, de acordo com o Banco de Portugal.

Dados divulgados terça-feira pelo banco central referentes a Julho indicam que os bancos portugueses têm em carteira 17,02 mil milhões de euros em cobranças duvidosas, o que corresponde a 7,28% do total dos empréstimos concedidos (233,9 mil milhões de euros) às empresas e às famílias.

A maior parte é da responsabilidade das empresas, cujo malparado atingiu 11,41% do total dos créditos concedidos, ou 11,8 mil milhões de euros de um total de 103,5 mil milhões de euros de empréstimos.

Entre as famílias, que são responsáveis por 130,3 mil milhões de empréstimos e 5,2 mil milhões de malparado, os incobráveis representam 3,99% dos financiamentos, o que corresponde ao valor mais elevado de sempre. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH