Pequenos agricultores de três províncias de Angola beneficiam de apoios internacionais

12 September 2013

Mais de 40 milhões de dólares estão a ser aplicados nas províncias do Bié, Huambo e Malanje para a execução do Projecto de Agricultura Familiar Orientada para o Mercado, informou quinta-feira, no Cuito, um quadro superior do Instituto de Desenvolvimento Agrário.

Demostres Pegado, director nacional adjunto para a área administrativa do Instituto de Desenvolvimento Agrário, disse que os fundos foram cedidos pelo Banco Mundial, Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola, das Nações Unidas, pelos governo do Japão e central angolano e ainda pelos beneficiários do projecto.

Aquele responsável disse ainda à agência noticiosa angolana Angop que o Projecto de Agricultura Familiar Orientada para o Mercado começou a ser executado em 2008 com conclusão prevista para 2014 destinando-se a apoiar os pequenos agricultores.

O projecto, sublinhou, destina-se a aumentar o rendimento da produção agrícola, com a introdução da utilização da tracção animal, o que permite o aumento das áreas de cultivo e melhoria da capacidade técnica dos produtores.

Ao abrigo deste projecto, os pequenos agricultores recebem gado para tracção animal, semeadores, charruas, adubos e formação em gestão, técnicas de cultivo e respectivo acompanhamento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH