Parque automóvel de Moçambique cresceu mais de 832% entre 1990 e 2012

17 September 2013

O parque automóvel em Moçambique cresceu mais de 832% entre os anos de 1990 e 2012, estando actualmente registados perto de 487 mil veículos, segundos dados recentes do Instituto Nacional dos Transportes Terrestres (INTT).

As estatísticas divulgadas pelo INTT na sua página electrónica mostram que, em 1990, foram feitos 4039 novos registos de viaturas em Moçambique, contabilizando-se, na época, um universo de 52 239 veículos.

Comparativamente ao último ano, quando entrarem em circulação 53 154 veículos,o parque automóvel moçambicano cresceu, desde 1990, mais de 832%, existindo actualmente 486 920 viaturas nas 11 províncias do país.

Com 200 845 veículos, a província de Maputo é a região com o maior número de registos, seguida das províncias de Maputo Cidade (163 139) e de Nampula (30 833), sendo o Niassa a que tem menos viaturas inscritas (3764).

Distinguindo os veículos por tipologia, as estatísticas do INTT revelam ainda a existência de 305 286 ligeiros, 103 564 pesados, 5653 tractores, 13 552 reboques e 13 785 motociclos.

Relativamente à população condutora, em 1998, as autoridades moçambicanas tinham licenciados 260 339 condutores, tendo este número crescido cerca de 149% quando comparado com o ano de 2012, altura em que estavam registadas no país 648 907 licenças de condução.

No último ano, foram atribuídas 32 574 licenças de condução na categoria de pesados, 8134 de ligeiros, 6850 de profissionais, 1869 de motociclos e 1466 de serviços públicos, num universo total de 50 893 títulos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH