Novo moinho de cimento entrou em testes na fábrica do Dondo, Moçambique

22 September 2013

A fábrica de cimento do Dondo, pertencente à Companhia de Cimentos de Moçambique, já iniciou os testes de um novo moinho que permitirá aumentar a produção, actualmente de 400 mil toneladas/ano, de acordo com o jornal Notícias, de Maputo.

Com este crescimento orgânico, a Cimentos de Moçambique aumenta a sua capacidade de produção anual em cerca de meio milhão de toneladas de cimento, mais que duplicando a actual capacidade da fábrica de Dondo, que atende os mercados de Sofala, Tete, Manica e sul da Zambézia.

Ao longo de Setembro, o moinho encontra-se em período de rodagem e de ajuste de produção com o aumento progressivo da sua carga moente e no decorrer do mês de Outubro proceder-se-á à optimização da sua capacidade máxima de produção e à minimização do consumo eléctrico, após a que decorrerão testes de desempenho e de fiabilidade.

Em Julho deste ano, a Cimentos de Moçambique anunciou a assinatura de um contrato de arrendamento de uma moagem, localizada junto à fábrica de Matola, aumentando então a sua capacidade de produção de cimento em 220 mil toneladas por ano.

Com estes investimentos a InterCement, do grupo brasileiro Camargo Corrêa, reafirma assim a sua aposta em Moçambique, consolidando a posição da Cimentos de Moçambique num mercado onde existe um forte potencial de crescimento.

No final de 2012, a InterCement concluiu a compra do grupo Cimpor – Cimentos de Portugal, passando a ser-lhe imputável uma participação de 94% do capital social, tornando-se na décima maior empresa internacional do sector, com uma capacidade instalada de 46 milhões de toneladas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH